Tempos de Liberdade

Anúncios

https://www.facebook.com/ads/growth/aymt/homepage/panel/redirect/?data=%7B%22ad_account_ids%22%3A%5B1100780913275812%5D%2C%22object_ids%22%3A%5B676967085743441%5D%2C%22campaign_ids%22%3A%5B%5D%2C%22selected_ad_account_id%22%3A1100780913275812%2C%22selected_object_id%22%3A676967085743441%2C%22selected_time_range%22%3A%22%22%2C%22is_panel_collapsed%22%3A0%2C%22is_advertiser_valid%22%3A0%2C%22section%22%3A%22Object+Section%22%2C%22clicked_target%22%3A%22Selected+Object%22%7D&redirect_url=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fplimabaga%2F%3Fref%3Daymt_homepage_panel

Além da terra Além do céu

Equilíbrio

 

Equilibrei o corpo,                 derrubei o copo.

Equilibrei o vento,                  na praia deserta.

Direcionei a força                   e o pensamento.

Roubei! Roubei sim.               Não me arrependo.

Ela não quis me dar,               então roubei.

Não usei de força.                   Usei a astucia!

Roubei.                                   O único beijo dela

Me distrai.                              Como um tiro virou a

esquina.

Retrato

Tocastes em uma rosa
De pétalas aveludadas.
Experimentou seus contornos,
Desejastes seu cheiro.
Estimulastes a pele…
De tonalidade rosada
Sentira sua satisfação,
No calor da ocasião!
Tivesse a leveza do beija-flor
ao aceitar o néctar daquela flor.
Olhar nos olhos pequenos,
negros e saber que sabem amar.
Cabelos encaracolados
A lhe beijar a cintura;
A flor perfeita
Quase uma escultura.
Pensar estar sonhando
Quando acordar.
Com o sorriso
alimentando
A alma.
Estar em porta-retratos
Declarando ao amor
Faça agora um trato
De sonho e de cor.
De sorrisos coloridos
De sonhos a respirar
Nas pétalas daquela flor…

Pelas Periferias do Brasil-vol. 06