Coração de pássaro

Vá passarinho, pouse naquele jardim!
Faça dele canteiro florido,
alegre como a vida no ponto de partir.

Descanse lá seu coração!
Diga a elas seus sonhos!
Conheça todas as flores.

Seja você em todas as vidas…
Conquistadas, achadas ou perdidas
no jardim a que a muito lhe espera.
Faça canteiro de pássaros coloridos…
Feito o beijo do primeiro encontro
na casa de todas as flores.

Refaça todas as coisas,
nada deixe no lugar.
Viver é como amar

Tudo é exato, nada faz sentido
no ponto de partida desses jardins floridos.
Coloque o coração a voar nos braços de qualquer flor.
Sinta seu cheiro colorido
espalhando por seus sonhos
branco como a pureza do verdadeiro amor.

Anúncios

Autor: Plinio Marcos Basilio Garcia

Autor de poemas e romances, sendo que o primeiro livro foi “Flores aos ventos”. Irmãos em todos os tempos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s