Sol que beija

 

img-20160803-wa0035

Vi você em uma história
Quando o sol beija o mar
Guardo as imagens lá no fundo
Dos beijos que nos marcou
Ficamos aqui, fora dos pensamentos
Na luz da lua passageira
Na minha história você entrou
Quando o sol beijou o mar.
Apenas por momentos
Senti aquele beijo
Na imagem que voltou
Dos pensamentos avulsos
Quando o sol beijar o mar
Guardarei tudo em minha história
Avolumada em instantes
Por favor, não vá agora.

Anúncios

ABRIGO EM TI

Ainda estou comigo?
Mesmo. Ainda me perco!
Choro! Não ligo,
Não descrevo
A falta que me faz teu abrigo.
Corto as unhas crescidas,
Podo os riscos da vida,
Aceito propostas de morte.
Restam-me fotografias,
Amareladas na carteira caída
Ainda estou comigo!
No canto de sonhos, não ligo!
Um risco de fósforos,
Sonho contigo,
Ainda sonho, comigo!
Sigo seta no muro.
Fujo de casa, do amigo,
Adentro em apuro;
Contudo, não ligo…
Não escrevo, não digo;
Procure você, uma saída.
A exaustão, só,
Faz crescer a ferida.
Ainda estou, contigo?
Amor, que não senti,
Razão, que não vivi,
Sentimento que preservei…

 

 Pelas Periferias do Brasil – vol. 06